Menos beijo. Mais argumentos!

         Um bando de “almofadinhas” globais e não globais decidiu em conjunto com a mídia tirar fotos se beijando e expô-las na mídia tentando com isso afrontar o Deputado Pastor Marco Feliciano, Presidente legítimo da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias no Congresso. No dia da entrevista do Deputado Marco Feliciano no programa Agora é Tarde, com Danilo Gentili, na Bandeirantes, dois homens pararam na frente do deputado e começaram a se beijar de forma acintosa.  

        Uma atitude digna de quem não tem nada na cabeça!

       Observe bem como a oposição aos cristãos se manifesta. Não o faz com argumentos. Eles querem mostrar com algum gesto físico. Grande coisa. Não mudará nada. Na falta de argumentos, querem tentar “escandalizar” como fazem nas paradas gays, sem nenhum respeito às crianças numa campanha “silenciosa” a favor da pedofilia, onde o nudismo público, ataque ao pudor, proibido por lei, é liberado para eles. A mídia, obcecada pela causa heterofóbica, e pelo vasto dinheiro público infiltrado, faz o que pode de maneira antiética, sem respeito algum a outra parte.  Por que a atitude gay tem que ser com ofensa ou algum contato físico? Não pode ser no argumento, apenas? Mas onde estarão os argumentos?

       Atrizes participando para fazer média, atores que querem se mostrar só para aparecer ainda mais na mídia. Bem, os “anônimos” querem fazer parte dessa bobagem que não leva a nada a não ser ao descrédito do movimento da heterofobia. O gayzismo tem aumentado assustadoramente e se não fossem os evangélicos, certamente, não haveria mais a família. Respeitemos os gays, mas exigimos respeito!

      Menos beijo. Mais argumentos!

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!