Deputado gay quer proibir o cristianismo na TV!

 

     O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) está convicto que poderá fazer do gayzismo a arma para praticar a ditadura gay no Brasil. Em um encontro numa universidade do Rio de Janeiro, o cidadão defende a idéia de proibir emissoras de televisão de exibirem programas evangélicos. Ele está fazendo um abaixo-assinado e apresentar junto a um projeto na Câmara dos Deputados.

    O defensor adepto do gayzismo-ditatorial fala em País laico, mas é contrário à liberdade de expressão quando não interessa ao grupo dele. Agora, o rapaz quer controlar a mídia e dizer o que pode e o que não pode ser veiculado na TV. Que prepotência desse cidadão. Também atacou portais evangélicos na internet como Gospel Mais e o Pastor Silas Malafaia.

   O parlamentar vem agredindo os cristãos de forma sistemática e o objetivo do grupo gayzista é proibir o cidadão–comum de ter acesso a Cristo através da televisão. Com certeza, ele vai querer no lugar das mensagens cristãs, midiatizar os “caprichos gays” contra a família tradicional.

Wyllys defende a legalização da prostituição (é o autor do projeto apelidado de “Gabriela Leite”, que propõe a transformação da venda do corpo em profissão), do aborto e do casamento gay.

   Esse Jean representa tudo que é contrário à família. E o mais contraditório nisso é que ele veio do amor hétero, de família...

   E temos que aguentar tudo isso.

   Contra Cristo, ninguém pode!


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!