Por que Milton e Wolf não serão

           cassados  "em definitivo"?!

 

     Analisando a decisão do Juiz Emerson Silveira Mota da 110ª Zona Eleitoral do fórum de Tramandaí, entendo, como leigo em Direito, que os então candidatos Milton Bueno e Cláudio Wolf não serão cassados "em definitivo". Mas, por quê? Bem, primeiramente, se confirmada denúncia, existiria motivo para a cassação, mas ela não vai ocorrer pelo, digamos, “bom senso”. Condenar um Prefeito e Vice por causa de 15 metros de piso e 250 reais é corretíssimo pela lei, mas o bom senso vai responder que cassá-los seria injusto com a maior parte da população que os elegeu. É uma pena muito dura para o delito. Foram mais de mil votos de diferença do segundo colocado. Claro, haverá , por parte do poder Judiciário, como represália, um “puxão de orelhas de sangrar” nos acusados, algo como multas altas, mas não a cassação. Alguém me diz: ”mas você apoiou e está sendo parcial com este artigo”. E eu respondo. Não ganhei nenhum FG e meu salário é o mesmo.

    Não se trata disso.

   Escrevo  analisando da mesma forma que disse antes e repito. Milton e Wolf não serão cassados. Como disse também que a matéria da RBS era truculenta, indutiva e incorreta. Fato esse que fez o repórter da RBS Fábio de Almeida me ligar e escrever, como mostrei em “foto” no Facebook. Tanto é que a íntegra do vídeo foi solicitada pelo PTB e pela Justiça, mas a RBS não forneceu. Na rede social, fui ofendido e chamado de “louco e parcial” quando opinei sobre algo que conheço: jornalismo.

    Desculpe-me, mas eu tinha razão.

    O vídeo, apresentado como prova, foi rejeitado pelo Juiz com o seguinte parágrafo: “De fato, a matéria exibida na televisão contém cortes de edição, com supressão de pontos fundamentais para a análise da infração. Cito, como exemplo, o trecho em que é perguntado à Sra. Mioni se ela teria recebido a casa em troca de votos, sendo que, no lugar da resposta, há um inexplicável silêncio (?!)”.

     Seria correto botar na cadeia e aplicar a mesma pena por 30 anos a quem roubou, certo? Mesmo que um  tenha roubado dois  reais e outro tenha roubado dois milhões? Pois é... Cabe aí o senso de juízo e razoabilidade. Roubar não é correto, mas isso não quer dizer que todos tenham de pagar da mesma forma, ou seria correto? Dúvida cruel que deve ser analisada de forma muito séria e delicada.

    Cabe aqui a importância de salientar o respeito aos valores básicos da verdade. Respeito ao cidadão de bem em todas as suas instâncias e o aprimoramento para a exatidão em busca da verdade. Creio na justiça, isenção e o fator da razoabilidade.

   Milton Bueno e Claudio Wolf serão absolvidos.

   E que sirva de lição!   

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!